08/04/2016

[Resenha] O lado feio do amor

| |

Título: O lado feio do amor
Autora: Collen Hoover
Páginas: 334
Editora: Galera Record
Nota: 5/5
Sinopse:
Quando Tate Collins se muda para o apartamento do irmão, em São Francisco, pronta a se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imagina estar prestes a conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento e companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo.Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin Collins, sabe ser persuasivo. E muito. Apesar de reservado, e da armadura emocional que carrega para não deixar estranhos se aproximarem e descobrirem nada a seu respeito, ele instantaneamente seduz Tate com seu jeito misterioso e físico perfeito. Mas sua beleza esconde um passado repleto de dor.O que os dois sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. Miles, no entanto, se recusa a abaixar as barreiras que construiu em volta de si mesmo e impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperança para o futuro. Será apenas uma relação casual e nada mais; nenhum dos dois quer se resolver.Eles têm a sintonia perfeita. Quando estão juntos, Tate se entrega sem pensar nas consequências, no que seu irmão faria se descobrisse aquele romance proibido acontecendo embaixo de seu nariz. Mas a verdade é que ela não pode resistir a Miles. E quando se dá conta, já ultrapassou todos os limites...Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

 Tate se muda para o apartamento do irmão e assim que chega na sua nova casa ela se depara com um cara bêbado jogado na frente de apartamento. E agora? O cara ta desmaiado. Ela liga pro irmão que avisa que é seu vizinho da frente e pede para ela colocar ele pra dentro e quando ele acordar ele vai para casa. É o que ela faz. O tal cara é Miles, que está sofrendo ao lembrar de Rachel. No dia seguinte eles se estranham e Tate começa a evitar estar perto dele. Até que no dia de ação de graças eles viajam juntos para a cada dos pais de Tate e Corbin. Nesta viagem é onde tudo começa. O primeiro beijo, o acordo...

Tate e Miles mantêm uma relação que todos nós sabemos que não poderia acabar bem. Apenas sexo. Quando Miles não estava viajando, Tate estava com ele. Não havia outro tipo de comunicação, ninguém ligava enquanto estavam longe. Mas Tate se apaixonou por aquele cara lindo e misterioso e estava disposta fazer com que ele se apaixonasse por ela também.

O livro intercala os capítulos entre Tate e a vida de Miles seis anos antes, onde conhecemos a relação dele com a Raquel, sua futura irmã e o grande amor de sua vida. O relacionamento que Miles sempre conheceu foi de acordos, com um tempo limitado. Mas ele e Rachel se apaixonaram e lutaram para ficar juntos, após uma grande tragédia eles se separaram e desde então ele nunca mais se apaixonou, nem se relacionou com ninguém. Seis anos sem beijar. Pode isso? Todos achavam que ele era gay, mas Tate sabia muito bem que ele não era.

Tate quer saber do passado de Miles, mas ela sabe que não pode perguntar nada para ele. Mas por que será que ele era tão frio assim? Ela sabia que era impossível ter um futuro com ele, mas pensar em ficar sem aquele homem doía mais. Sofria com aquele relacionamento? Sofria. Mas não desistia.

Até que um dia ela resolve acabar com aquela história que só faz mal a ela. Ela se muda do apartamento do irmão e não tem mais contato nenhum com Miles. Será que Miles vai sentir falta de Tate? Após mudança da gata, ele vai à procura de Rachel. O que será que vai acontecer nesse reencontro? Com quem Miles vai terminar no final? Para saber é só ler esse livro lindo.

Confesso que escolhi o livro pela capa, a única resenha que eu tinha visto falava mal do livro e fiquei com muito medo de não gostar. Mas para minha surpresa ele me ganhou totalmente. Li em três dias. A única coisa que eu queria fazer era ler, devorá-lo.

O livro tem cenas picantes, portanto não recomendo para menores de 18 anos, mas por ser um livro mais leve do que Cinquenta Tons de cinza, eu recomendo para quem tenha 17 anos para cima.  Foi o primeiro livro da Collen Hoover que eu li e já quero outros. Amei a escrita dela e acho que vou gostar bastantes dos outros títulos dela.
Para quem não sabe, O lado feio do amor vai ter adaptação para os cinemas, e eu já quero assistir.

Espero que tenham gostado, leiam este livro.

Beijos da Isabel!

Nenhum comentário:

Postar um comentário